Seguidores

sábado, 25 de setembro de 2010

Cheiros me enlouquecem

Vou contar para vocês o meu "dom" digamos assim, são os cheiros - pareço uma fêmea de animal, sinto cheiros, aromas, essências, feromônios á longa distância, sei que alguém esta chegando pelo seu perfume, até brincam comigo que eu sou um cão perdigueiro... eu nem tenho pelos... pode issso... Mas na verdade eles mexem comigo mesmo, gosto ou não de uma pessoa pelo seu cheiro, quando sinto um homem com cheiro bom fico alucinada...
Mas porque vou contar isso, ontem sexta-feira foi um dia terrível para mim, cheguei para trabalhar e qual não foi minha surpresa - DEMITIDA não só eu mais a equipe toda, umas 50 pessoas, todas de uma vez, terrível, mas o que podiamos fazer a não ser sair e ir para um restaurante japonês encher a cara de saquê ás 13H, chega lá as reclamações de sempre, pq isso, pq aquilo, e agora o que faremos, emprego é difícil, será q é isso mesmo etc etc... Foi então que chegou o meu problema, o garçon do restaurante...

Era meio mau educado, feio, grosseiro, não falava direito, ele grunhia, com cara de o que estou fazendo aqui entre sushis, sashimis, temakis e hot roll acho que ele queria era nos mandar comer atum pelo rabo lá no japão, ai eu tive aquele "dom" ativado o cheiro do rapaz me atissou, cada vez que ele vinha o cheiro dele nas minhas narinas ativava o meu sistema nervoso central imediatamente e fiquei morrendo de tesão, não por ele, mas pelo cheiro dele, eu tinha que estar ali pra chorar, reclamar, sofrer e não ficar molhada com o cheiro do ogro que nos servia.
Ele tinha cheiro de macho, de homem, não era suor mau cheiroso não, era cheiro de homem, aquele que atissa seu lado animal adormecido, ai fiquei imaginando aquele cara feio, parecia um homem das cavernas, me pegando, puxando o cabelo, grosseiro, mandando em mim, me pegando, me chupando, metendo os dedos na minha buceta, me chamando de gostosa, imaginava o tamanho do pau dele metendo em mim e fui delirando e aquele cheiro dele não me deixava em paz, ja tava encharcada até aos joelhos só com a imaginação e fiquei de um jeito, fiquei em um ponto , que o meu atual ex-chefe perguntar o que estava acontecendo porque estava com aquela minha cara de idiota e os meus devaneios continuavam até a hora que fomos embora, sai do restaurante vim pra casa e dormi de tão ruim que eu fiquei com o saquê e tudo aquilo junto... achei que teria adoráveis sonhos, mas nada...

                                                                                                                                                            Bem, bem, bem mais tarde quando me dei conta o sr meu marido ja tinha chegado em casa, e já estava no outro quarto dormindo, temos situações mau resolvidas a serem solucionadas e enquanto isso não acontece resolvemos dormimos em quartos separados, mas nessa noite não teve jeito, acordei maluca, doida, tesuda, enlouquecida, fiquei no MSN com amigos e colegas falando idiotices, sacanagem, rindo muito e tenho uma amiga que fala muita besteira e ontem ela tava inspirada... ri demais até chorar... isso já era umas 5H da manhã...
Pensei que eu ja estava normal mas nada do tesão passar, vi um clipe porno bem sexy, simples e rapido, tive de me masturbar e gozar muito e achei que ia dormir bem gostoso, só que o tesão piorou, tomei banho, comi chocolate, tentei ler e o tesão ali, o cheiro do tal garçon ogro não saia das minhas lembranças, não teve jeito, fui atacar meu marido que dormia como um anjinho...
Quando deitei ao seu lado adivinhem o que senti, o seu cheiro, aquele cheiro que amo tanto, cheiro de homem, queridos, já cai de boca no pau dele que tava mole, fui chupando, mamando, faminta, o pau dele foi crescendo, aumentando, engrossando e ele acordou meio tonto, sem saber o que acontecia, gemendo meio louco, foi agarrando o meu cabelo que e bem comprido e todo espalhafatoso, ai fiquei doida, porque ele foi me pondo em uma posição que eu não parava de chupar o pau dele mas que ele podia meter os dedos na minha buceta que estava toda molhada de novo, ele me arrancou do pau dele, me jogou na cama e caiu de boca na minha buceta, chupava, cheirava, apertava meu grelho com os dentes, lambia minha buceta com a lingua molinha até o cú e depois chupava forte em um vai e vem louco, com os dedos já nem sei quantos enfiados em mim coisa que amo, acho uma delicia, me sentir invadida, preenchida, empalada sabe, e uma coisa que ele sabe e me fazer gozar e como sabe.
Nessa madrugada eu gozei tanto a ponto de molhar tudo, eu jorrei, gozei, esguichei nele, na cama, em tudo e ele não parava de me fazer gozar eu cheguei a ponto de que eram espasmos, tremedeiras, gemidos insanidades ditas em sussurros insandecidos e desmaiei literalmente foram segundos que eu apaguei, desliguei quando voltei ele tava metendo em mim, cavalgando, dilacerando minha buceta e eu maluca em baixo dele com as pernas jogadas em cima dos ombros dele, amo essa posição... gozei de novo e só deu tempo de sentir ele me encher com o gozo dele me apertando, me chamando dos nomes mais obcenos, de sua puta, cadela gostosa, com os meus cabelos molhados de tanto tesão e ele pingando suor em mim, e ai acordei hoje do lado dele como a muito tempo não faziamos, apagados, deliciosamente satisfeitos e com aquele cheiro que me enlouquece ....

     

3 comentários:

  1. Cheiro é tudo mesmo...mas que loucura heim menina!!!Ótimo post...bjs e um lindo domingo pra ti..

    ResponderExcluir
  2. Como vc tem coragem de brigar com um homem desses?!!! Tá doida?!!! Isso é homem pra ser tratado a pão de ló.

    Manda um beijo pra ele, com todo respeito.

    Muito obrigada pelo carinho e solidariedade! Vc é um ser iluminado!
    Espero que tenha superado suas perdas.

    Tenha uma linda semana!!!

    BEIJÃO!

    ResponderExcluir
  3. Aroma, perfume, odor.. não é fácil lidar e nem se livrar. Muito bom!!!

    Aguardo você no meu. Postei cinco poemas novinhos hoje.

    João Lenjob.

    Declaração
    João Lenjob

    Ah, não quero perder-te
    Nem quero então sofrer
    Com medo do futuro
    Que eu hei de discutir
    Que eu hei de então chorar.

    Só quero te envolver
    Na relação com amor
    Que não exista dor
    Que invada o teu ser
    Eu quero pertencer
    Ao peito que me deu
    Sem brigas ou tristezas
    Sem ter por que ferir.

    Eu quero só te amar
    E ter teu corresponder
    Pra assim perpertuar
    Nossos corações
    Eu quero ir aos céus
    Dar-te as flores que seguro em mãos
    E com toda emoção
    Fazer-te a declaração que outro homem nunca haverá de dar.

    ResponderExcluir