Seguidores

sábado, 11 de dezembro de 2010

ETTA JAMES - EU PREFIRO FICAR CEGA


Etta James me marcou demais em varias fases dessa minha vida ... dos 13 aos atuais 38...
A ouço sempre, mas hoje em especial estou muito saudosista...

Essa semana foi extremamente corrida, extenuante trabalho - 18 Horas no mínimo -  e sabe quando você precisa de chorar um pouco e não consegue, tem coisas que pra mim são difíceis e uma delas e chorar, e há datas muito marcantes que estão chegando e elas me remetem a saudades extremas de pessoas que amei demais e se foram pra sempre... casamentos, nascimentos e óbitos todos entre 8 e 20 de Dezembro que mudaram o rumo da minha vida pra sempre...

Só que as musicas e filmes mexem comigo e resolvi vasculhar minhas musicas antigas e muito, mas muito antigas e encontrei essa - Eu Prefiro Ficar Cega - I'd Rather Go Blind

Na adolescência foi que eu descobri essa cantora única, entre foras dados e recebidos, tristezas dessa fase terrível da vida, e hoje me deu tanta vontade de ouvi-la até conseguir chegar ás lágrimas que eu tanto necessitava...
Quero compartilhar essa que e uma das melhores pra mim, poucas cantoras demonstram realmente seu sentimento em uma música como ela ...

Etta James
I'd Rather Go Blind
Eu Prefiro Ficar Cega

Algo me disse que tinha acabado quando te vi conversando com ela
Algo no fundo da minha alma disse,
"Chore garota"
quando te vi sair com aquela garota.

Eu preferiria,
Eu preferiria,
Ficar cega, garoto
A vê-lo você ir embora de mim

Então, veja,
Eu te amo tanto
Que eu não quero vê-lo me deixar
Mais do que tudo,
Eu simplesmente não quero,

Simplesmente não quero ser livre,
Não!

Eu estava apenas,
Eu estava apenas,
Eu estava apenas, sentada pensando
Nos seus beijos
E nos seus abraços,
Quando o reflexo no copo que eu segurava próximo aos meus lábios,
Amor,
Revelou as lágrima que eu tinha no rosto,

E amor,
Amor,
Eu preferiria ficar cega, garoto
A vê-lo a ir embora,
a vê-lo me deixar,
Amor,
Amor,
Amor,
eu preferiria ficar cega agora

3 comentários:

  1. Fantástica sua postagem, viu? Feliz aquele que recebeu...
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Paca, as vezes chorar faz um bem enorme,aliviando o coração da enorme saudade. Que bom vc conseguiu esta dádiva ao som desta diva do blues que deixava todos em êxtase quando cantava, ela é uma das minhas favoritas tbm. E esta musica é incrível!!

    Fique bem e em paz...

    Beijos, flor de cristal{LB} .

    ResponderExcluir
  3. O Jazz/Blues tem essa pegada mórbida que eu chamo 'morrer de amor'. Uns acham isso brega, outros melodramático demais, outros consideram forte, mas não é a deles; enfim, cada um se apropria do amor como sabe e como pode.

    Eu acho, simplesmente, sublime...

    Amor 'real' não é a minha praia. Aquele amor (des)construído no cotidiano. Prefiro o AMOR que faz morrer e que mata sem piedade...por isso eu amo BLUES...PORQUE ELE ME MATA SEM DÓ...
    quando Nina dedilha aquele piano...cara, ao vou do Céu ao Inferno sem escalas... é muito bom!!!!

    Cada um tem sua forma de amar e eu respeito todas elas. Por isso, aprecio quando respeitam a minha.

    BEIJOS!!! Em ti e sua família!!!!

    ResponderExcluir